Warning: file_get_contents(https://graph.facebook.com/v2.8/1786957414855428?fields=overall_star_rating,rating_count&access_token=167088617109965|ttS5v5RbVggryd1-RhkF0xumHWY): failed to open stream: HTTP request failed! HTTP/1.1 400 Bad Request in /home/hr1c8a5c/essenciadosolivais/wp-content/themes/essenciadosolivais/includes/fb_ratings.php on line 8

Warning: unlink(/home/hr1c8a5c/essenciadosolivais/wp-content/themes/essenciadosolivais/includes/results/ratingapi-cache.json): No such file or directory in /home/hr1c8a5c/essenciadosolivais/wp-content/themes/essenciadosolivais/includes/fb_ratings.php on line 23

Warning: file_get_contents(/home/hr1c8a5c/essenciadosolivais/wp-content/themes/essenciadosolivais/includes/results/ratingapi-cache.json): failed to open stream: No such file or directory in /home/hr1c8a5c/essenciadosolivais/wp-content/themes/essenciadosolivais/includes/fb_ratings.php on line 46
Sobre a sua Saúde Oral | Esssência dos Olivais

Sobre a sua Saúde Oral


Qual o impacto da nossa saúde oral na nossa saúde em geral?

Cada vez mais os problemas da saúde oral são abordados nos mais diversos meios de comunicação e a importância de ter dentes saudáveis é cada vez mais valorizada. Além da importância estética os dentes servem para mastigar bem os alimentos. A boa digestão começa na boca com uma boa mastigação.

Ter os dentes estragados atrapalha a mastigação e sobrecarrega o estômago e o intestino com alimentos pouco triturados. Até para perder peso é importante ter bons dentes.

Os problemas dentários podem causar infecções. Estudos científicos comprovam que as bactérias encontradas nos dentes com infecção e nas gengivas inflamadas podem propagar-se pelo corpo e causar otites, amigdalites, problemas nas articulações além dos já mencionados problemas no aparelho digestivo.

No aspecto emocional , ter bons dentes favorece os relacionamentos sociais e deixa-nos com a auto estima em alta!

Para quem escolhe trabalhar diretamente com o público um belo sorriso facilita bastante no momento de uma entrevista de emprego.

Quais os principais problemas na cavidade oral?

Cáries

O que é a cárie?

A cárie é considerada uma doença como qualquer outra. Causa dor e incómodo e em alguns casos pode até nos fazer perder uma boa noite de sono ou atrapalhar a concentração no trabalho, as férias, ou o descanso merecido no fim de semana.

No inicio pode ser apenas uma pequena mancha, que não dói. Quando não é tratada nesta fase inicial pode evoluir para uma pequena cavidade.

Normalmente nesta fase não temos dor e sim uma leve “impressão” ou sensibilidade.

Quando não damos atenção a estes sinais subtis e deixamos o processo continuar a sensibilidade transforma-se em dor provocada pelos alimentos doces, pela a água fresca.

Nesta fase o tratamento ainda é relativamente simples.

Basta remover a cárie e substituir o que foi retirado do dente por um material com as características semelhantes ao dente. Só o médico dentista está habilitado para solucionar o problema nesta fase.

Quando mesmo após estes sinais deixamos “andar” o problema a solução tenderá a ser mais complexa.

Há casos onde o dente tem de ser desvitalizado, em outros poderá até ser removido, para evitar uma dor maior ou uma infecção.

Opções de tratamento

E se for necessário desvitalizar o dente?

É melhor do que perdê-lo. É mais trabalhoso, exige mais consultas além do risco de insucesso do processo de desvitalização.

Nos casos em que não há como manter o dente na boca e a remoção do mesmo é a única solução, temos sempre de procurar uma forma de restabelecer a função mastigatória e a estética.

Um dente artificial deverá ser colocado no local onde o seu dente natural foi removido. Pode ser realizado um implante, mesmo fixo ao seu maxilar, como se fosse um dente natural ou até mesmo uma prótese fixa.

O importante é não deixar o local vazio. Perder a capacidade mastigatória e estética é pior do que nos parece á primeira vista.

Doença periodontal

O que é?

A doença periodontal é a segunda doença mais prevalente na cavidade oral a seguir à cárie.

É causa número 1 de perda dentária no mundo.

É um problema mais comum do que parece e a sua evolução está relacionada com a má higiene oral.

A placa bacteriana que se aloja nos dentes e nas gengivas é o inicio do processo. A remoção deste material acumulado na superfície dentária deve ser feita após cada refeição, pelo menos 3 vezes ao dia.

Os sintomas mais comuns desta doença são: mau hálito, sangramento gengival, mobilidade dentária, levando em último caso a perda do dente.

Tratamento

Inicia com a boa higiene oral. É fundamental realizar uma limpeza profissional aos dentes, pelo menos uma vez ao ano.

Caso o médico dentista identifique que há um risco de progressão do problema e de perda de algum elemento dentário recomendará outros tratamentos, visando sempre a manutenção dos dentes na cavidade oral.

Má oclusão

O que é?

A natureza planeou os dentes com formas e com detalhes para que no momento da mastigação eles encaixem com perfeição. Quando os maxilares são pequenos em relação ao tamanho dos dentes, ou um dos maxilares, o superior por exemplo, desenvolve-se mais que o inferior, os dentes nascem mal posicionados.

Não encaixam!

Nestas situações dizemos que o paciente tem má oclusão.

Sintomas

Dentes tortos que dificultam a higiene.

Não encaixam e por isso no momento da mastigação os alimentos não são triturados da forma correta.

O mau encaixe favorece o hábito de “ranger os dentes” ou de apertá-los.

Dificulta a pronúncia de determinadas palavras.

Pode vir a causar dores nas articulações mandibulares, muitas vezes confundidas com dores de ouvidos, estalos e dificuldade de abertura da boca.

Há situações mais graves onde o paciente que tem má oclusão, também tem dores de cabeça, o que nem sempre é associado aos problemas dentários.

Solução

Visando o alinhamento dos dentes e a colocação dos mesmos na posição correcta o Médico dentista poderá propor a colocação de aparelhos nos dentes. Chamamos a este processo de correção ortodôntica.

Quanto tempo demora o tratamento?

Em média 24 meses, podendo no entanto variar em função do tipo de problema existente e da dificuldade do tratamento a efetuar!

Os aparelhos provocam dor?

Os aparelhos podem provocar algum desconforto, principalmente na primeira fase, depois de serem colocados ou ajustados. Mas, é um incómodo que desaparece rapidamente!

Quando mudar de escova de dentes?

Mudar de escova de dentes em média de 3 em 3 meses ou quando as cerdas começam a abrir

Quantas vezes escovar por dia?

Escovar os dentes 2/3 ao dia sendo que as escovagens essenciais são as de manhã e a da noite

Duração da escovagem?

Idealmente demorar 2 minutos e escovar sem esquecer da língua

Qual a importância do fio dentário?

O fio dentário remove restos alimentares e placa bacteriana dos espaços entre os dentes

Quando passar o fio dentário?

Passar o fio dentário pelo menos 1 vez por dia, à noite antes da escovagem


NÃO DESCUIDES A TUA HIGIENE ORAL E APOSTA NUMA ATITUDE PREVENTIVA!

MARCA UMA CONSULTA DE MEDICINA DENTÁRIA E APROVEITA AS VANTAGENS DO TEU CARTÃO ESSÊNCIA DOS OLIVAIS!


Marcar uma consulta